masthead-artistic-panel
Mr Pedro Teixeira -

artist_pedro

Mr Pedro Teixeira
Maestro, Portugal
Júri

Nasceu em Lisboa. Completou a licenciatura em Direcção Coral pela Escola Superior de Música de Lisboa, obtendo na mesma instituição o grau de Mestre em Direcção Coral em 2012.

Iniciou os seus estudos musicais na Academia de Amadores de Música em 1981, interessando-se mais tarde pela prática e direcção de música coral enquanto elemento do Coro da Universidade de Lisboa, onde se iniciou na direcção como assistente do maestro José Robert. Foi precisamente com José Robert que iniciou a sua formação enquanto director de coro, tendo mais tarde trabalhado com Vasco Pearce de Azevedo, António Lourenço e Paulo Lourenço. Foi professor na Escola Superior de Educação de Lisboa, leccionando Educação Vocal e Direcção Coral, no curso Música na Comunidade.

Pedro Teixeira dirige actualmente dois grupos em Portugal: Coro Ricercare (desde 2001) e Officium Ensemble, agrupamento profissional fundado por si no ano 2000, e que se dedica à interpretação de música renascentista vocal dos sécs. XVI/XVII. Dirigiu também o Coro Polifónico Eborae Musica de 1997 a 2013 e Grupo Coral de Queluz de 2000 a 2012. Foi com Officium que recebeu em 2002 o prémio “The most promising conductor of Tonen 2002” na Holanda, concurso que atribuiu o 3º prémio a Officium nas categorias de música sacra e música secular.

Enquanto cantor, e tendo estudado canto na Escola de Música do Conservatório Nacional, é elemento do Coro Gregoriano de Lisboa, no qual é solista. Foi cantor no Coro Gulbenkian, entre 2005 e 2012.

Pedro Teixeira tem sido reconhecido como um dos mais proeminentes maestros de coro do país, não só pela sua intensa actividade enquanto director de coro, como também pela sua sólida e característica interpretação da música vocal. Esse reconhecimento tem-no levado a trabalhar a um nível internacional nos últimos anos – em Barcelona, dirige juntamente com Peter Phillips, Ivan Moody e Jordi Abelló o workshop Victoria400 e é responsável pelas oficinas de Ensemble Vocal e Direcção Coral no Curso International de Música Medieval e Renascentista de Morella.

Colaborou com a Fundação Gulbenkian enquanto maestro preparador convidado do Coro Gulbenkian, tendo preparado o coro para diversos concertos entre 2011 e 2014.

É director artístico das «Jornadas Internacionais Escola de Música da Sé de Évora», organização de Eboræ Musica – Associação Musical de Évora, que conta já com dezasseis edições.

Pedro é neste momento maestro titular do Coro de la Comunidad de Madrid, função que desempenha desde Novembro de 2012.